Mutirão de vistorias aos fins de semana

Serão disponibilizadas 3,5 mil vagas extras até o dia 20 de dezembro, agendadas pela internet

A partir deste sábado e domingo, dias 22 e 23 de novembro, o Departamento de Trânsito do Distrito Federal vai realizar mutirões de vistorias de veículos para transferência de propriedade ou de unidade da federação. Serão disponibilizadas 880 vagas para cada fim de semana até o dia 20 de dezembro. Leia mais…

Quem tiver interesse em participar ainda pode se inscrever

Auditório lotado no primeiro dia do Curso de Multiplicadores de Ações de Apoio às Famílias de Dependentes Químicos, da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejus). Cerca de 400 pessoas compareceram ao primeiro dia de palestras. Leia mais…

Minha coligação imperfeita

O político comemora que teve uma ótima votação, foi o primeiro de sua coligação. Opa! O sonho virou pesadelo, já que a sua coligação não conseguiu alcançar o número de votos suficientes para a tão sonhada cadeira de deputado distrital. Vejam os candidatos que irão lamentar essa triste situação pelos próximos quatro anos. 2018 é logo ali.

Leia mais…

Militar disse que mulheres gordas são ‘quarteto bacon’ e ‘sacos de toucinho’.

Miss Plus Size disse que vai processar policial por injúria e difamação.

Isabella Formiga

Do G1 DF

Comentários postados por policial do Distrito Federal sobre manifestação de modelos plus size em Brasília (Foto: Vanusa Lopes/Arquivo Pessoal)Comentários postados por policial do Distrito Federal sobre manifestação de modelos plus size em Brasília (Foto: Vanusa Lopes/Arquivo Pessoal)

A Corregedoria da Polícia Militar do Distrito Federal abriu sindicância para apurar denúncia de que um policial teria usado sua página pessoal nas redes sociais para ofender as modelos plus-size que tiraram fotos de lingerie em frente ao Congresso Nacional na semana passada. No post, ele chama as mulheres de “saco de toucinho”, “leitoas” e “criaturas bizarras”. Leia mais…

A 2ª Turma Cível do TJDFT manteve sentença de 1ª Instância que negou pedido de indenização a pais que associaram suicídio do filho ao uso do Roacutan. “É de conhecimento comum que o Roacutan é um medicamento de alto risco, que só é prescrito para tratamento em casos de acne grave. Entre as reações adversas estão listados tentativa de suicídio e suicídio dentre as possíveis reações adversas, de modo que tais perigos passam a estar enquadrados dentro das expectativas do consumidor, que deve sopesar a relação custo-benefício quanto ao uso da substância em questão”, decidiu o colegiado. Leia mais…

A 3ª Turma Cível do TJDFT, por unanimidade, negou provimento ao recurso e manteve a decisão de primeira instância que julgou procedente o pedido do autor e excluiu a exigência de declaração de não ter o nome inscrito em cadastros restritivos de crédito para tomar posse no Banco do Brasil.

Leia mais…

Propaganda Eleitoral

 Candidatos, partidos políticos e coligações que disputaram a eleição no segundo turno têm até o dia 25 de novembro para retirar das ruas todas as propagandas eleitorais. É o que determina a Resolução 23.404/2014, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que em seu artigo 88 estabelece que a propaganda eleitoral deve ser removida até 30 dias após a eleição.

Leia mais…

Secretaria de Educação afirma que repasse de pagamentos foram realizados para as empresas responsáveis

Luana LopesAs merendeiras de escolas públicas do Distrito Federal paralisaram os serviços nesta segunda-feira (17) em função da falta de pagamento de salário e benefícios, auxílio alimentação e transportes. Estudantes de escolas das cidades de Santa Maria, Gama, Samambaia, São Sebastião, Paranoá, Planaltina e Sobradinho tiveram aulas em períodos reduzidos. Leia mais…

Sindicato diz que ausências são por falta de pagamento de horas extras.

Houve reclamações em emergências de unidades da Asa Norte e Ceilândia.

Raquel MoraisDo G1 DF

A secretária de Saúde, Marília Cunha, disse nesta segunda-feira (17) que a corregedoria da pasta começou a investigar os atestados entregues por médicos escalados para plantões na rede pública do Distrito Federal neste final de semana. Pacientes relataram dificuldades para conseguir atendimento neste final de semana. Por telefone, o presidente do Sindicato dos Médicos, Gutemberg Fialho, afirmou que os profissionais não teriam comparecido por não terem recebido as horas extras de agosto.

“São médicos jovens, já apuramos, e, assim, nunca se investiu tanto em saúde quanto no governo Agnelo Queiroz. O hospital está totalmente reformado, equipamentos novos, tem medicamento, tem material médico-hospitalar. Não justifica. Nós vamos abrir, sim, sindicância e apurar os fatos. Não é possível mais um médico ficar dando atestado médico para outro médico”, disse Marília.

Vamos investigar os atestados, vamos questionar o conselho de medicina para tomar providência. O que aconteceu não é grave, é gravíssimo. Eu tinha uma necessidade de três médicos. Três clínicos cobririam muito bem. Colocamos mais um para ficar com uma folga. Estávamos tranquilos. E os quatro vão e faltam?”
Marília Cunha,
secretária de Saúde

Uma equipe da corregedoria esteve no hospital da Asa Norte no início da manhã para buscar os atestados. A secretaria afirmou que ainda não tem uma estimativa do número de documentos a serem investigados.

“Vamos investigar os atestados, vamos questionar o conselho de medicina para tomar providência. O que aconteceu não é grave, é gravíssimo. Eu tinha uma necessidade de três médicos. Três clínicos cobririam muito bem. Colocamos mais um para ficar com uma folga. Estávamos tranquilos. E os quatro vão e faltam?”, declarou.

As reportagens do G1 e da TV Globo estiveram em hospitais da rede pública e constataram o problema. No sábado, nenhum médico da área de clínica geral havia aparecido no pronto-socorro da Asa Norte para dar início às consultas até as 15h30. O próprio diretor da unidade foi ao local para ajudar no atendimento.

Ainda no sábado, um agente penitenciário de 30 anos que não quis se identificar registrou cenas que classificou como “descaso” no Hospital Regional de Sobradinho. Duas fotos mostram pacientes idosos em macas improvisadas no corredor da emergência, e, em outras duas imagens, é possível ver leitos desocupados que, segundo ele, estavam em salas de emergência a poucos metros de distância.

“Meu pai tem 78 anos, levei ele ao hospital com um quadro de AVC. Ele foi atendido, recebeu medicação na sexta-feira, mas passou dois dias no corredor da emergência”, contou.

Imagens mostram leitos vazios e pacientes nos corredores do hospital de Sobradinho, no DF (Foto: Arquivo pessoal)Imagens mostram leitos vazios e pacientes nos corredores do hospital de Sobradinho, no DF (Foto: Arquivo pessoal)

No domingo, não havia pediatras na UPA de Ceilândia e pacientes e funcionários afirmavam que, dos quatro médicos escalados no hospital regional, apenas um atendia. Um homem que acompanhou a mulher grávida à unidade reclamou da situação. “Minha esposa está sentindo dor, está sangrando direto”, afirmou. Leia mais…

 Cidadãos, especialistas e entidades representativas consideram absurda a tentativa de os distritais limitarem aos próprios parlamentares e aos partidos políticos a abertura de investigação por quebra de decoro.

Arthur Paganini

Os deputados distritais também aprovaram, em 1º turno, norma que permite a cassação do parlamentar apenas em caso de condenação em última instância (Ana Rayssa/Esp.CB/D.A Press - 8/8/14)
Os deputados distritais também aprovaram, em 1º turno, norma que permite a cassação do parlamentar apenas em caso de condenação em última instância

A disposição dos deputados distritais em tentar impedir que cidadãos e entidades representativas proponham processos de cassação por quebra de decoro parlamentar deve acabar na Justiça, caso seja aprovado na Câmara Legislativa um projeto de resolução que altera o regimento interno da Casa. Tudo isso sob o argumento de evitar perseguição política. Na Câmara dos Deputados, qualquer pessoa tem chance de iniciar esse processo. Se depender dos distritais, a proposta deve ser encaminhada para votação na próxima terça-feira. Para valer, ela precisa ser votada em 1º turno e, após um intervalo de 10 dias, em 2º turno. Leia mais…