O juiz da 7ª Vara Criminal de Brasília aceitou a denúncia oferecida pelo MPDFT contra 19 acusados de participação no esquema criminoso desbaratado pela operação da Polícia Federal, que ficou conhecido como “Caixa de Pandora”. Respondem à ação penal os réus: 1º) José Roberto Arruda; 2º) Paulo Octávio Alves Pereira; 3º) José Geraldo Maciel; 4º) Durval Barbosa Rodrigues; 5º) Fábio Simão; 6º) José Eustáquio de Oliveira; 7º) Márcio Edvandro Rocha Machado; 8º) Renato Araújo Malcotti; 9º) Ricardo Pinheiro Penna; 10º) José Luis da Silva Valente; 11º) Roberto Eduardo Ventura Giffoni; 12º) Omézio Ribeiro Pontes; 13º) Adailton Barreto Rodrigues; 14º) Gibrail Nabih Gebrim; 15º) Rodrigo Diniz Arantes; 16º) Luiz Cláudio Freire de Souza França; 17º) Luiz Paulo Costa Sampaio; 18º) Marcelo Toledo Watson e 19º) Marcelo Carvalho de Oliveira.

A decisão de recebimento da pronúncia foi proferida no dia 10/4, às 19h31. Além disso, o juiz determinou: “(I) todos os acusados terão acesso aos autos no balcão, evitando que a carga por uma parte impeça o acesso por outra; (II) sejam fornecidas às partes cópia dos autos em versão eletrônica mediante a apresentação à serventia judicial de suporte físico (CD, pen-drive ou HD, conforme a situação exigir); (III) terceiros eventualmente interessados em ter cópias dos autos só poderão obtê-las, em cartório, mediante pedido escrito”. Outra providência tomada pelo magistrado foi a de quebra do Segredo de Justiça. “Considerando que alguns dos acusados eram, à época dos fatos, responsáveis pela gestão da coisa pública, não há motivo para que se decrete o sigilo dos presentes autos”, afirmou.

O processo entra agora na fase de Instrução, na qual os acusados serão intimados e deverão, por meio de advogado constituído ou da Defensoria Pública, apresentar defesa prévia e, se quiserem: arguirem preliminares, oferecerem documentos e justificações, especificarem as provas pretendidas e o arrolamento de testemunhas.

Histórico da Ação:

A ação faz parte do Inquérito 650/DF, instaurado perante o Superior Tribunal de Justiça – STJ, em setembro de 2009, e que se transformou em ação penal (APN 707/DF) naquela Corte, em 6/8/2012, após o recebimento da denúncia oferecida pela Procuradoria Geral da República. Em decisão colegiada datada de 5/6/2013, o STJ, ao apreciar questão de ordem, decidiu pelo desmembramento do feito, preservando na sua competência apenas o processamento e julgamento dos crimes imputados ao denunciado Domingos Lamóglia, por prerrogativa de foro.

Em julho de 2013, a ação desmembrada foi recebida pela Presidência do TJDFT e no dia 13/8/2013, ao apreciar questão de ordem, o Conselho Especial, órgão máximo do Tribunal, decidiu por novo desmembramento, mantendo em seu poder os processos de três acusados com foro privilegiado.

Processo: 2013011122065-5

TJDFT

Cezar Lopes para Deputado Federal

cezar e roberio

O ex-administrador do Paranoá  Cezar Lopes,  poderá ser candidato a Deputado Federal pelo PMDB, a articulação que já conta com apoio do Deputado Distrital Robério Negreiros, será apresentada ao presidente do partido o vice-governador Tadeu Filippelli e se depender das bases eleitorais de Robério o nome já esta chancelado.

EXEMPLO DE VALORIZAÇÃO DA ATIVIDADE POLICIAL

maurocezar

A arte imita a vida quando quer engrandecer a função policial, seja através de figuras famosas como Sherlock Holmes, James Bond, Kojak ou  minisséries inesquecíveis como Miami Vice, Hawai 5-0 e Swat.

A persecução penal tem como glamour  a  investigação policial uma vez que, de tantas funções que buscam a justiça é a mais atraente. Ser policial é um dom, tem que ter talento para exercer essa atividade  que  estimula e fascina a alma. Por outro lado, por motivos  diverso, muitas vezes vem a frustração oriunda do sistema penal e processual arcaico implicando o crescimento desregrado da criminalidade.

O crime evolui, a legislação padece e o policial adoece por não ser valorizado, diga-se de passagem,  pelo próprio Estado, pois nota-se que atualmente a sociedade   tem enaltecido os trabalhos da  polícia após o reconhecimento da excelência dos resultados de muitas prisões.

O Estado brasileiro precisa acordar e valorizar a atividade policial assim como fez o Governo  do Estado do Tocantis  que aumentou  de  forma digna o salário dos policiais até 2018 os quais receberão  mais de R$ 20.000,00 mensais. Parabéns a esse Governo e que sirva de exemplo para os demais.

Obrigado forte abraço att,

Mauro Cezar Delegado de Polícia ex presidente do sindicato dos delegados de polícia.

VIOLÊNCIA EM DEBATE

Por Luiz Solano

O ex-deputado Federal Alberto Fraga, que recentemente foi assaltado em sua casa no Lago Norte por três bandidos sob a mira de escopetas, foi recebido pelo presidente da Associação Comercial do Distrito Federal, Cleber Pires, para troca de ideias sobre a violência que assusta a Capital Federal.

Na ocasião o ex-parlamentar deu todo apoio para a campanha que a ACDF abraçou com a finalidade de combater a violência no Distrito Federal, que já se tornou uma rotina na sociedade candanga. Leia mais…

Fazer a declaração de imposto de renda não é uma tarefa tão fácil: quais os documentos devem ser utilizados? Quem deve declarar? Essas e outras interrogações permeiam a mente das pessoas. Com o objetivo de acabar com essas dificuldades, o Departamento de Ciências Contábeis da faculdade UPIS vai realizar uma ação para fazer dezenas de declarações gratuitamente.

O prazo para o envio da Declaração do Imposto de Renda de Pessoa Física (DIRPF) começou a correr a partir de 6 de março e vai até 30 de abril. Entretanto o atendimento da faculdade ocorrerá do dia 15 de abril em diante.

Leia mais…

Marina Silva confirma a pré-candidatura à Vice-Presidência da República na chapa de Eduardo Campos e presidenciável do PSB promete evitar que a estatal “se transforme em um caso de polícia”. Problemas na empresa reforçam o discurso dos opositores ao governo de Dilma Rousseff

Paulo de Tarso Lyra - Correio Braziliense

Naira Trindade

Denise Rothenburg

Marina Silva: A política não pode ser pautada pela governabilidade com base na distribuição de cargos (Bruno Peres/CB/D.A Press)
Marina Silva: A política não pode ser pautada pela governabilidade com base na distribuição de cargos
O pré-candidato do PSB à Presidência, Eduardo Campos, fez festa ontem em Brasília para anunciar a chapa com a ex-senadora Marina Silva (PSB) como vice. No evento, ele atacou o governo federal e voltou a artilharia para os problemas na Petrobras, que é alvo de investigações do Ministério Público, da Polícia Federal e do Tribunal de Contas da União e estará na mira da comissão parlamentar de inquérito (CPI) em gestação no Congresso. “Não vamos permitir que a Petrobras se transforme em um caso de polícia.” Eduardo reforçou o discurso, entoado pelo também presidenciável Aécio Neves (PSDB-MG), de que a estatal tem perdido valor de mercado. “O Brasil não pode achar normal uma empresa como a Petrobras, que, em 2010, valia R$ 458 bilhões, valer hoje R$ 185 bilhões”, disse Eduardo. Leia mais…

Assembleias, como a de Goiás, possuem orçamentos menores que os do DF, mesmo com mais eleitores e representantes. Mato Grosso, por exemplo, com 3,1 milhões de pessoas, tem R$ 330,5 milhões, contra R$ 404,5 milhões de Brasília

Almiro Marcos

Explicação de presidente da Casa é que os gastos dos distritais seguem o orçamento do Executivo (Breno Fortes/CB/D.A Press - 08/04/2014 )
Explicação de presidente da Casa é que os gastos dos distritais seguem o orçamento do Executivo

O montante de R$ 404,5 milhões que a Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) tem para gastar este ano é bem superior ao orçamento de assembleias legislativas de estados com populações e quantidade de deputados proporcionais à capital federal e até mesmo bem maiores. Leia mais…

O pronto-socorro permanecerá fechado por prazo indeterminado

Estela Monteiro

O serviço de emergência do Hospital Universitário de Brasília (HUB) foi fechado nesta segunda-feira (14). De acordo com a direção da unidade de saúde, o motivo da suspensão do atendimento no pronto-socorro seria a falta de médicos. Além disto, o equipamento de raio X da unidade está funcionando com apenas 30% da capacidade. O pronto-socorro permanecerá fechado por prazo indeterminado.

Serão mantidos os atendimentos dos pacientes graves, de acordo com a classificação de risco. Estima-se que cerca de 120 pessoas sejam atendidas diariamente na emergência do HUB, sendo que apenas 15% dos casos são considerados graves. Os outros pacientes serão orientados a procurar outras unidades de saúde. Leia mais…

A VOZ DA VERDADE- Por Celson Bianchi

CELSON BIANCHI - A VOZ DA VERDADE
GOVERNO OU OPOSIÇÃO
A deputada Érika Kokay, do PT/DF está recolhendo de forma virtual assinaturas num manifesto de sua autoria, contra o projeto de lei do PPCUB encaminhado pelo GDF, a ser encaminhado ao governador Agnelo Queiroz e ao Deputado Wasny de Roure, presidente da Câmara. Com duras críticas ao projeto Érika espera faturar o apoio, em forma de votos, de milhares de pessoas que são contra a proposta. Tem gente no PT que consegue ao mesmo tempo ser governo e oposição, e assim pensam confundir o eleitor.  O presidente do partido já foi acionado para apagar mais este incêndio do fogo amigo. Leia mais…

Denúncia Vila Olímpica