Alguns dias depois da tragédia que se abateu sobre o Condomínio Sol Nascente de Ceilândia, o governador Agnelo Queiroz deu um “presente  de grego”  para a cidade.

É surpreendente, mas o governador cancelou um crédito suplementar  de R$ 2.315.851 milhões destinado ao Condomínio Sol Nascente para mandar o recurso para empresários. A manobra de Agnelo Queiroz está publicada no Diário Oficial desta quarta-feira (16). “Um governador tem que priorizar as necessidades da população, como que diante de uma tragédia, ao invés dele dar uma assistência especial ao local, ele tira recursos de lá?”, questionou a deputada Celina Leão (PDT). “É lamentável a falta de gestão e de compromisso com a cidade”, completou.anexo

Para ler os detalhes no Diário Oficial do Distrito Federal clique aqui!

A atitude do governador é espantosa devido à situação de calamidade que se encontra no local. A forte chuva do último dia (8) vitimou uma menina de seis anos afogada em um ônibus escolar inundado, dez casas desabaram e várias residências foram destelhadas. Ao que tudo indica Agnelo não se sensibilizou com a tragédia, que foi pauta até do Jornal Nacional, evidenciando o descaso e o abandono do Estado com aquela comunidade.

Fonte: Assessoria deputada Celina Leão